A Vocação e a Vocação Profissional

Certo dia um jovem fez a seguinte pergunta: “o que o contador faz?”
Refleti sobre a questão.
E aqui estamos, mas hoje queremos escrever acerca dos vocábulos “Vocação” e a “Vocação Profissional”.

Quais os significados:

Em consulta através do endereço eletrônico: www.significados.com.br>vocacao [1] (acessado em 15.06.16) anotamos:
Vocação é um termo derivado do verbo no latim “vocare” que significa “chamar”. É uma inclinação, uma tendência ou habilidade que leva o indivíduo a exercer uma determinada carreira ou profissão.
Vocação é uma competência que estimula as pessoas para a prática de atividades que estão associadas aos seus desejos de seguir determinado caminho.
Por extensão, vocação é um talento, uma aptidão natural, um pendor, uma capacidade para executar algo que lhe dar prazer.
Já a Vocação Profissional é formada por um conjunto de aptidões naturais, como também interesses específicos do indivíduo que o direcionam na escolha de uma profissão.

Como se pode notar das anotações feitas e escritas acima de acordo da classe gramatical da nossa língua portuguesa (ver sua fonte), as pessoas já nascem com qualidades de realizar melhores atividades quando estão correlacionadas aos seus dons, ou melhor, as atividades que lhe dão mais prazer de fazê-las.

A bem da verdade, deixemos tais explicações aprofundadas para áreas do saber especializada, como, por exemplo, as ciências humanas. Apesar de que, sempre que possível, é importante as áreas do saber de determinadas ciências correlacionadas caminharem juntas.
Cabe destacar aqui, no nosso pequeno espaço de cultura, estudos e pesquisas, que no meu ver, quando desenvolvemos trabalhos e estudos de acordo às aptidões naturais, seus resultados são melhores alcançados, sem dispêndios maiores aos nossos esforços mentais.

No ano de 2016, faz exatos dez anos que eu trabalho na administração pública, que nela estive nos entes municipal e estadual, e, agora, na federal. Neles, meus trabalhos todos voltados para a área do conhecimento da ciência contábil. Ressalte-se que, para entrar em execício nos correspondentes cargos efetivos de contabilidade, que tiveram aprovação em provas e títulos, mediante concursos públicos.
Para alcance de tais feitos, após meus 40 anos de idade, fiz o segundo curso de graduação, que foi o de ciências contábeis. No decorrer da graduação, dedicava-me com afinco aos estudos, inclusive sempre me viam com livros carregados debaixo dos braços, ainda veem, porque sempre que possível, procuro adquirir e ler bons livros. Portanto, isso foi possível, alcançar minha realização profissional depois de muitas lutas, de se debruçar com paixão, apaixonadamente, na área do conhecimento que tudo tem a ver comigo.

Concluí-se, então, que a vocação nasce sim com a gente, basta despertar e provocar, pois que se bem formos observar: “tudo na vida tem de ser provocado”.

Jovem, pense bem nisso!!!

“Quanto mais consciência você tem do valor das palavras, mais fica exigente no emprego delas”.
(Carlos Drummond de Andrade).

 

Edmilson Antônio de Paula
Graduado em Ciências Contábeis
Pós-Graduado Especialista em Contabilidade Pública
É contador do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, Câmpus Barretos.